Buscar
  • Thiago Heleno Mariano

Balanced ScoreCard: o que é isto afinal?



Tendo em vista as mudanças e as necessidades organizacionais que tem ocorrido nos últimos anos, foi identificada a demanda de desenvolver uma metodologia que contribuísse para desenvolvimento de uma estratégia organizacional que contemplasse indicadores mais abrangentes, ao invés dos usuais indicadores financeiros.


Neste sentido, foi desenvolvido o Balanced Scorecard, que é uma metodologia de gestão estratégica que contribui para a construção e materialização da estratégia da organização. O Balanced Scorecard contempla quatro perspectivas que devem ser consideradas pelas empresas. Estas perspectivas são:


- Perspectiva dos clientes: orienta o empreendimento a instituir objetivos com o propósito de melhor a qualidade do produto/serviço, o desempenho da organização, os serviços oferecidos aos clientes e políticas de prazos.


- Perspectiva de processos internos: nesta perspectiva os gestores são levados a desenvolver objetivos que tem por objetivo aprimorar a gestão do empreendimento.


- Perspectiva de inovação e aprendizagem: além de aprimorar a gestão, a empresa é levada implementar práticas inovadoras e promover o aprendizado organizacional.


- Perspectiva financeira: além das perspectivas citadas, é fundamental que a empresa possua objetivos que visem o desenvolvimento econômico, uma vez que resultados financeiros constituem uma forma de materializar o desempenho da empresa.


Para cada uma destas perspectivas são definidos também indicadores, de modo que seja possível avaliar e monitorar o cumprimento da estratégia.


Neste sentido, o BSC possui basicamente seis funções:


- Esclarecer a estratégia;

- Divulgar a estratégia de toda empresa;

- Alinhar as metas das unidades e dos indivíduos com a estratégia;

- Conectar os objetivos estratégicos às metas de longo prazo e aos orçamentos anuais;

- Identificar e alinhar as iniciativas estratégicas e;

- Conduzir avaliações do desempenho periódicas para conhecer melhor a estratégia.


Portanto, é possível afirmar que o BSC é uma ferramenta que contempla os objetivos da Gestão Estratégica, ao possuir o propósito de integrar toda a empresa na estratégia, para garantir o cumprimento da missão e aprimorar o desempenho da organização.

Além disso, é fundamental que os gestores tenham ciência de que para a implantação do BSC é preciso que sejam cumpridos os princípios a seguir:

  1. Traduza a estratégia em termos operacionais;

  2. Alinhe a organização à estratégia

  3. Transforme a estratégia em uma atividade do dia-a-dia;

  4. Estratégia é um processo contínuo

  5. Mobilize as mudanças através da liderança executiva.

Estes princípios afirmam o fato de que o BSC constitui uma ferramenta eficaz para o processo de gestão estratégica.


No BSC, a estratégia é materializada em um mapa estratégico, que apresenta de forma visual o processo de gestão estratégica, que se inicia na missão, passa pelos objetivos, indicadores e metas, e chega na visão.


É importante destacar que no BSC, os objetivos estratégicos devem estar relacionamos e devem ser elaborados em sentido lógico, em que sejam complementares e promovam o cumprimento da missão e consequentemente o alcance da visão de futuro da empresa.

#GestãoEstratégica

115 visualizações

CONTATO

contato@aplconsultores.org     

+55 (31) 99641-1560         

Viçosa, Minas Gerais